Projetos

#EutenhoEpilepsiaemMeuPensamentoVocê sabia que a cada 10 segundos alguém em algum lugar está recebendo o diagnóstico de epilepsia?

Que 1% da população mundial, neste caso 70 milhões de pessoas tem epilepsia!

E pergunto; quantas pessoas com epilepsia você conhece? Muito provável nenhuma.

A razão disso é que é muito difícil para a pessoa dizer que tem epilepsia frente ao preconceito e discriminação.
Chegou a hora de levantarmos a bandeira para as pessoas com epilepsia!

A ASPE está lançando o desafio epilepsia para a celebração do primeiro dia internacional de conscientização sobre a epilepsia no dia 9 de fevereiro. 

Vejam o vídeo: http://youtu.be/SebjAQy-dsI

Li Li Min

 

Queremos que todos participem.

Convidamos você a gravar um vídeo dizendo quem você é, junto à mensagem:

"Eu aprendi que existem milhões de pessoas com epilepsia. Muitas pessoas com epilepsia são excluídas por causa da discriminação e todos nós precisamos estar cientes disso. Então, por essa razão que eu estou de apoiando esta campanha em prol das pessoas com epilepsia , dizendo " Eu tenho a epilepsia nos meus pensamentos".

Por favor, convide outros amigos para fazer o mesmo.

Publique o seu vídeo na página do seu Facebook e outras mídias sociais com os hashtags:

#epilepsyday #epilepsychallenge.

Desafie sua família e amigos para participar!

Mais importante, se envolva.


Para saber mais sobre a Campanha mundial acesse:
www.epilepsy.org

 

Para doação:


Conta da ASPE
Banco Banespa

Agência 0207

Conta corrente 13.010.204-6

CNPJ 05.503.071/0001-20

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Revista Sem Crise

A Revista Sem Crise é uma iniciativa de mídia eletrônica promovida pelo Departamento de Comunicação da ASPE. Foi lançada em 17/09/2002 com proposta de veiculação sazonal e tema principal focado na epilepsia e seus efeitos bio-psico-sociais sobre a vida das pessoas portadoras ou não desta condição.

 

Quem somos

A epilepsia é a condição neurológica crônica mais comum em todo o mundo e afeta todas as idades, raças e classes sociais. Impõe um peso grande nas áreas psicológica, física, social e econômica, revelando dificuldades não só individuais, mas também familiares, escolares e sociais, especialmente devido ao desconhecimento, crenças, medo e estigma.

SAIBA MAIS!